terça-feira, 31 de agosto de 2010

A modelagem do ser pela oração

"Afastar-se das outras pessoas quando a sós com Deus – é esse o único modo, o modo infalível de conviver com as pessoas no poder da benção de Deus" (Andrew Murray)

Por Sandro Moraes

Ser sal da terra e luz do mundo. As palavras de Jesus Cristo aos discípulos de todas as épocas são capazes de tocar profundamente todos os sensíveis para o chamamento revolucionário e libertador do mestre: repousa em nossas mãos a responsabilidade para sermos diferentes numa sociedade que vive a angústia existencial das desesperanças e incertezas. Não diferentes no sentido de “alienígenas”, cujo estilo de vida marcado pela esquisitice provoque repulsa e um desejo ardente nas pessoas que conosco convivem para manterem-se afastadas de nós, "os chatos”. Dar sabor às circunstâncias ao mesmo tempo em que toda podridão é afastada e iluminar lugares mesmo onde prevalecem as mais densas trevas: esse é o real sentido de ser sal e luz num mundo insípido, pútrido, moral e espiritualmente escuro; a maldição do pecado causador de efeitos profusamente danosos no homem, deve ser sempre um alerta para a nossa responsabilidade de exercer o papel de sal e luz; responsabilidade a ser sempre cumprida com os sentimentos de privilégio e alegria e em zelo e sabedoria. Não é aceitável brincarmos de ser cristãos hoje. 

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Vou abrir a minha igreja e já volto (Folha de S. Paulo)





Considerei interessante e decidi publicar. Ao lado a representação da Torre de Babel, impecável ilustrução do cenário que você encontrará em seguida. Acompanhe!






Folha de São Paulo



Eu, Claudio Angelo, editor de Ciência da Folha, e Rafael Garcia, repórter do jornal, decidimos abrir uma igreja. Com o auxílio técnico do departamento Jurídico da Folha e do escritório Rodrigues Barbosa, Mac Dowell de Figueiredo Gasparian Advogados, fizemo-lo. Precisamos apenas de R$ 418,42 em taxas e emolumentos e de cinco dias úteis (não consecutivos). É tudo muito simples. Não existem requisitos teológicos ou doutrinários para criar um culto religioso. Tampouco se exige número mínimo de fiéis.

sábado, 21 de agosto de 2010

A finalidade da Cruz




 Antigo batistério no deserto do Neguev.



"Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim..." 
(Gl 2.19b-20).


A ilusão do "símbolo" do cristianismo

Os elementos anticristãos do mundo secular dariam tudo para conseguir eliminar manifestações públicas da cruz. Ainda assim, ela é vista no topo das torres de dezenas de milhares de igrejas, nas procissões, sendo freqüentemente feita de ouro e até ornada com pedras preciosas. A cruz, entretanto, é exibida mais como uma peça de bijuteria ao redor do pescoço ou pendurada numa orelha do que qualquer outra coisa. É preciso perguntarmos através de que tipo estranho de alquimia a rude cruz, manchada do sangue de Cristo, sobre a qual Ele sofreu e morreu pelos nossos pecados se tornou tão limpa, tão glamourizada.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Será que a igreja emergente afundará a sua?


Será que a Igreja Emergente afundará a sua?


Uma coisa pouco agradável aconteceu quando estávamos a caminho do século XXI. No final do século XX, certos líderes saíram afirmando que precisávamos de “uma maneira nova de fazer igreja”. A religião dos tempos antigos não era boa o suficiente. Então vieram os novos truques, substituindo o Evangelho sólido. Vimos o surgimento do movimento da igreja que é “sensível aos que buscam” e que não ofende a ninguém. A “esquerda religiosa” tornou-se mais proeminente, promovendo seu evangelho social. E depois veio a Igreja Emergente.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

A psicologização do cristianismo como sedução dos últimos dias

Por Sandro Moraes

2 Timóteo 3.1,2: “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias virão tempos difíceis; pois os homens serão amantes de si mesmos...”(Versão Sociedade Bíblica Britânica). 

Tenho refletido muito no chamado evangelho “antropocêntrico” dos últimos dias e buscado evidências práticas que relacionem o evangelho da pós-modernidade ao cumprimento profético das palavras paulinas a Timóteo. É uma realidade tão sutil que o evangelho centrado no homem amante de si mesmo é reproduzido por muitos com tanta reincidência que se torna assombroso pela incapacidade de multidões de discerni a tortuosidade. O evangelho dos amantes de si mesmos é tão esmagador que tiraniza sem que o tiranizado perceba, visto que entorpecido pelo efeito embriagante e prazeroso do ego massageado, da sensação de bem-estar produzida pelo evangelho do aceite-se a si mesmo, mas que no final desemboca em caminhos de morte.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Pastor fracassa ao tentar lançar TV em 150 países

Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

Clube de 1 Milhão de Almas - Silas Malafaia e Mike Murdock

No começo de abril, o pastor Silas Malafaia, então ligado à Assembleia de Deus, lançou em parceria com outro pastor norte-americano, Mike Murdock, um plano para arrecadar R$ 1 bilhão. O dinheiro seria empregado em evangelização em todo o mundo e manutenção de programas de TV em pelo menos 140 países. Malafaia batizou o plano de "Clube de 1 milhão de Almas". Cada fiel que aceitasse colaborar teria de doar R$ 1 mil.
Por causa do plano, o pastor recebeu severas críticas de setores não só da Assembleia de Deus, mas também de outras linhas evangélicas. Por causa das críticas, o pastor teria se afastado da AD.