quarta-feira, 7 de abril de 2010

Vampirismo do bolso e da alma



Insuportável: mesmo que preciso e paradoxalmente insuficiente, o termo é bastante apropriado para descrever o nauseante cenário do evangelicalismo tupiniquim. Nauseante e confuso, realidade que também pode ser definida como babel, tamanha é a confusão e mistura da verdade com o erro no meio daquilo que se convencionou chamar de igreja evangélica. 

Conceituar o que é ser evangélico tornou-se um desafio a tal ponto que se torna perigoso alguém apresentar-se como tal, já que grande é o risco de ser confundido com tudo aquilo que é tortuoso, de mau-caráter, salafrário, mercenário ou idiota, dependendo do contexto em que essa rotulação é apresentada. Já não há mais referências precisas. Se até meados do decênio de 1990, evangélico era alguém confiável, com retidão de caráter, desejável de muitas empresas, não apreciador das bebedeiras, noitadas ou baladas, freqüentador de igreja, adorador de Cristo, afeiçoado à oração, à leitura da Bíblia e a verdadeira espiritualidade, hoje evangélico é, aos olhos de boa parcela da sociedade, alguém indefinível, indecifrável, alienado, é tudo exceto alguém relacionado ao evangelho de Cristo.


O evangelho que conheci no fim dos anos 80 me impulsionava a fugir das paixões mundanas, de qualquer realidade que alimentava os desejos de minha natureza contrários a Deus. Contrariamente, hoje existe igreja pop, com público pop, para o qual há uma balada no templo aos sábados à noite, para dizer ao mundo que o jovem “crente” é alguém “normal”, como qualquer outro, autorizado a ousar em versões gospel do rebolation, do forró, funk... “O diabo não criou ritmo nenhum, todos os ritmos são de Deus”, justificam. Em templos nos quais o pecado não é confrontado para não desagradar a clientela, ops, as “ovelhas” (ou porque está fora de moda), é comum ver mulheres com roupas insinuantes, cujo sensualismo caracterizado por roupas cada vez mais colantes e decotes indiscretos, é potencial despertador das pulsões masculinas. O pretexto para tais permissividades que dão vazão às fantasias mais erotizantes é o de que Deus não olha para a aparência e sim para o coração. Sendo assim, não ficarei surpreso se algum dia souber de igrejas freqüentadas por garotas usando fio dental durante os cultos. Não sabem eles que a aparência exterioriza a santidade ou as podridões do ser interior. Não exagero! Nos EUA até já existem igrejas naturistas com pregadores e ovelhas nus. E aqui em minha querida São Luís do Maranhão visitei uma igreja semelhante ao cenário descrito acima. A respeito dela soube que algumas garotas saem do culto e vão fazer programa na avenida litorânea. São igrejas que em lugar de contagiarem o mundo com a palavra de Deus, convidam o mundo para contaminá-la com pecado.

Os escândalos financeiros são os que mais envergonham as igrejas evangélicas, já que todas são jogadas na vala comum. Esses escândalos se resumem a uma expressão: evangelho da prosperidade. Tal “evangelho” nasceu no movimento neopentecostal, apóstata e adoecido desde o princípio. Foi abraçado por segmentos pentecostais marcados por emocionalismos, muito poder e unção(???), ignorância e analfabetismo bíblico e também explorado por algumas igrejas históricas cujos líderes viram nesse filão uma oportunidade de lucros. O resultado é o saque, uma rapinagem de pobres e de endinheirados que têm em comum uma burrice incrível.  O evangelho ou teologia da prosperidade funciona bem em países da África e da América Latina onde as promessas de paraíso na terra expostas por um evangelho de facilidades encontram na pobreza um terreno fértil para alimentar falsas esperanças. O fato é que tais promessas não funcionam, ou melhor, funcionam apenas para os profetas da prosperidade que recebem muito dinheiro e enriquecem. Apenas uma lei econômica natural: só prospera, enriquece quem recebe e recebe muito dinheiro. A massa empobrecida permanece como está: pobre. São milhões de pessoas que, quando não desiludidas ou destroçadas, estão mutiladas em suas consciências, culpabilizando-se por não terem conquistado as riquezas nesta terra por direito, conforme são ensinadas, pela falta de fé. Como um ou outro prospera, significa dizer que a lei da prosperidade funciona para quem contribui mais e tem fé.

Na Europa as igrejas da prosperidade não crescem porque como a população possui melhores condições de vida, o evangelho que elas apregoam não é um bom atrativo. Para tais igrejas restaria pregar o verdadeiro evangelho de Cristo, mas como não dá lucro, não interessa e de fato seus ministros, apóstolos e bispos, mesmo que desejassem, não teriam capacidade para pregar a palavra de Deus posto que nem sequer são convertidos.      

No tocante à tudo o que foi exposto conclui-se que os evangélicos fazem parte da parcela da população mais alienada e imbecilizada (escrevo em amor). Tal burrice se agrava quando alguns tentam defender os falsos apóstolos com dizeres tais como “Não toquem nos ungidos do Senhor, ou “não julgue para não ser julgado”. É difícil ter paciência com tanta gente burra sem nenhum discernimento.

Tantos e freqüentes escândalos colocam em questionamento a própria validade do dízimo para os dias atuais. Sou favorável a prática do dízimo apenas em igrejas bíblicas. Conselho: Não contribua em igrejas da prosperidade. Elas têm que ser fechadas. Dar o dízimo para essas igrejas com a justificativa de que se o dinheiro for mal usado, o malfeitor prestará contas com Deus, é um raciocínio, quer dizer, raciocínio não, é um pensamento burro. Contribuir financeiramente com tais igrejas é financiar sinagogas de Satanás. Você também vai prestar contas com Deus pelo pecado da má contribuição em igrejas que levam pessoas para o inferno com o evangelho da ganância de mamom.  

O apóstolo Pedro já em seu tempo alertava que falsos profetas e falsos mestres introduziriam na igreja heresias destruidoras, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. Alertou que o caminho da verdade seria difamado por causa dos caminhos vergonhosos desses homens e que eles fariam comércio de muitos com palavras fingidas, com estórias inventadas explorariam muitos, mas que a destruição os aguardava (1 Pe 2.1-3). Como o cenário só piorou de lá para cá, o alerta continua atualíssimo.

Quero finalizar chamando a atenção para o fato de que o Pr. (?) Silas Malafaia trouxe mais um ladrão de púlpito para roubar dinheiro dos ingênuos e emburrecidos. No ano passado trouxe o ladrão Morris Cerullo que pediu R$ 900,00 dizendo que os doadores receberiam unção financeira. Disse que 900 tinha relação com 2009. Se fosse em 2008, o pedido seria de R$ 800,00, etc: um palco macabro de misticismo, macumba e perdição. Há poucos dias Silas levou o discípulo de Cerullo, Mike Murdock desta vez para pedir R$ 1000,00 afirmando que em retorno Deus iria efetuar 3 milagres na vida de cada doador e que em 90 dias iria multiplicar a riqueza do doador 7 vezes mais. São ladrões sínicos. 

Eu não sei como definir Silas Malafaia: apóstata, não convertido, falso pastor, alguém que só acredita naquilo que é conveniente para lucrar? Não sei. Só sei que uns 10 anos atrás Silas pregava o evangelho, antes do seu programa se tornar um balcão de negócios. Hoje ele “parece” pregar o evangelho, só que um “evangelho” freqüentemente estranho, antropocêntrico, mistificado, psicologizado, contraditório e adornado por heresias aqui e ali. A propósito o nome do programa dele traduz bem o “evangelho” que mais se expande no Brasil: “Vitória em Cristo” em lugar de “Salvação em Cristo”. Em Silas Malafaia, o evangelho da salvação foi pro brejo. Ele é uma vergonha para a Assembléia de Deus e sua respeitável história.

Mais um conselho: fuja dos telepregadores, dos ungidões e “homens de Deus”. Costumeiramente são ladrões disfarçado de profetas com novas revelações, sanguessugas, versões gospel dos mensaleiros, vampiros do bolso e das almas, lobos disfarçados de cordeiros. Fuja dos tais.

Voltando a questão inicial deste artigo, como posso identificar-me como evangélico se Silas Malafaia, Edir Macedo, o casal Hernandes, Renê Terra Nova, Jorge Linhares e alguns outros também são identificados como evangélicos. Prefiro apenas dizer que sou um discípulo de Jesus, um cristão.

Não era prioridade minha escrever sobre tais assuntos, mas a situação ficou insuportável.

Em Cristo que em sua palavra nos convoca para termos a nobreza dos bereanos e ensinarmos a sã doutrina.   

Por Sandro Moraes

15 comentários:

leila disse...

OLÁ SANDRO!
Parabéns pela reflexão.Eu também prefiro dizer que sou seguidora de Cristo.
Mesmo sendo ouvinte assídua do Silas Malafaia, tenho feito sempre uma reflexão crítica do programa dele, também.
Um abraço e que Deus te abençôe.

ludmila nayara disse...

oi Sandro!
fiquei muito triste com o que acabei de ler,pois sempre ouvi o Pr.Silas Malafaia desde criança,hoje com 19 anos membra da Assembléia de Deus estou perplexa,o admirava pela maneira que falava de DEUS.Não cheguei a assisti a esse progama,mas ouvi comentários principalmente de pessoas não evangélicas acabando com o povo cristão.A situação só se agrava.Pedir a Deus dicernimento do que se ouve é importante para a vida cristã.
Que o senhor Jesus continue abençoando ...

Sandro Moraes disse...

Ludmila e Leila, obrigado pelos comentários. Não traio nem um milímetro aquilo que acredito ser correto, bíblico e necessário: denunciar. Convido vcs a fazer a leitura dos dois textos já postados neste blog intitulados As sementes da extorsão. Deus as abençoe!

ALESSANDRO disse...

E AGORA EXISTE UMA NOVA ONDA CHAMADA DE SEMINARIO DE HONRA QUE É ENSINADO QUE O DISCIPULO DEVE HONRAR O LIDER COM AS PRIMICIAS,QUE É UM DIA DE SALÁRIO,IMAGINA COMO ALGUNS PASTORES FICARÃO RICOS(NÃO SOU CONTRA PASTOR SER RICO,MAS TEM QUE SER HONESTAMNETE E NÃO LEVIANAMENTE) RAPIDAMENTE AS CUSTAS DO DINHEIRO DAS OVELHAS

Sandro Moraes disse...

É Alessandro, estamos vendo o cumprimento das profecias que indicam uma grande apostasia nos tempos finais. Não sabia desta honraria a pastores com as primícias. O pior é que a gente ainda se surpreende. É bom mesmo não se acostumar e felizmente existem muitas pessoas com senso crítico e que não se deixam enganar. Que sejamos evangelistas mas também multiplicadores do discernimento, ou seja, temos que denunciar a roubalheira e os lobos entre nós. Abraço!

Anônimo disse...

OI SANDRO!
VOCE TEM TODO O DIREITO DE EXPRESSAR SUA INDIGNAÇÃO SOBRE AQUILO QUE NA TUA OPINIÃO ESTA ERRADO EM RELAÇÃO AS IGREJAS NEO-PENTECOSTAIS. AGORA TEMOS QUE TER CUIDADO PARA NAO CAIRMOS NA CILADA DO INIMIGO, FERINDO AS PESSOAS, CHAMANDO AS DE BURRAS, ETC. EU PERTENÇO A UMA IGREJA NEO-PENTECOSTAL E TUDO O QUE O PASTOR ENSINA COM RELAÇÃO A PROSPERIDADE TA NA BIBLIA, E EU CREIO QUE O PLANO DE DEUS PARA O SER HUMANO NÃO ESTA RESTRITO APENAS A SALVAÇÃO DA ALMA. JESUS QUANDO VEIO A ESSE MUNDO, FALAVA DO REINO DE DEUS, E MOSTRAVA NA PRÁTICA O QUE ERA ESSE REINO. CURAVA OS DOENTES, LIBERTAVA OS ENDEMONIADOS, MULTIPLICAVA PÃES E PEIXES, PERDOAVA OS PECADORES; ENTENDO QUE ESSE CONJUNTO DE AÇÕES É REPRESENTATIVO DO REINO DE DEUS. O ENGRAÇADO É QUE EU SIGO JESUS DESDE 1986, E NUNCA VI UM CATOLICO CONTRA OUTRO, EM RELAÇÃO A SUA DOUTRINA, E O QUE EU VEJO É QUE NÓS EVANGELICOS ESTAMOS DIVIDIDO, CADA QUAL DEFENDENDO A SUA VERDADE, AI FICA COMPLICADO.

ABRAÇOS.
MARTINS

GESIEL MARQUES disse...

OLA!!! PROFESSOR
APRENDI DEPOIS DA LEITURA DESTE ESTUDO A PRESTAR MAIS ATENÇÃO EM TUDO QUE EU VEJO E ESCUTO.
PORQUE HOJE NÃO DAR MAIS PRA CONFIAR EM NINGUEM,DEVIDO A FALTA DE CONCIENCIA E AMOR A CRISTO.
MAIS INFELIZMENTE EXISTEM ESSES LOBOS DISFARÇADOS DE OVELHAS ENTRE NOS,NA QUAL TEM A FUNÇAO DE LUDIBRIAR AS PESSOAS QUE ESTÃO COM A MENTE ATROFEADA SURDOS E CEGOS POR FALTA DE INFORMAÇÃO OU SIMPLESMENTE NEGAM-SE A ESCULTAR A VERDADE.
E ASSIM OS FALSARIOS APROVEITAM PARA ESCARNECER E ESPLORAR ESTE MERCADO QUE HOJE ELES ENCHERGAM COM UM FIM LUCRATIVO E NAO CRISTÃO.
PARABÉNS PELO SEU RICO TRABALHO.
UM ABRAÇO DO SEU ALUNO GESIEL.

Anônimo disse...

CARA AMIGA GEISA MARQUES, O MELHOR QUE VOCE FAZ É NÃO CONFIAR EM NINGUEM MESMO. CONFIE SOMENTE EM JESUS CRISTO, ELE NUNCA VAI TE DECEPCIONAR. DEPOIS QUE APRENDI ESSA PREMISSA, A MINHA VIDA CRISTÃ TEVE MAIS QUALIDADE.

UM ABRAÇO, E QUE JESUS LHE ABENÇOE CADA DIA MAIS.

Sandro Moraes disse...

Anônimo, não é Geisa, é Gesiel Marques, é homem e meu aluno na disciplina História da Radiodifusão, mas sei que foi apenas falta de atenção sua, mas tudo ok. Já para o anônimo anterior digo: raça de víboras, sepulcros caiados, filhos do Diabo, não seriam palavras ferinas? Sabe quem as pronunciou? Jesus Cristo. Em tempos de psicologia-evangelho(?) estamos muito mal acostumados com massagem do ego, nem que pra isso a verdade seja solapada. A palavra "burra" e derivados talvez ajudem alguns que "dormem entre os mortos a despertar". Não tente defender o "neopentecostalismo" que não é pentecostal nem evangélico, antes um movimento perverso e herético, profuso em religiosos estelionatários e gente "cega" e "surda". Nunca vi um pregador neopentecostal pregar o evangelho. "Nós evangélicos estamos divididos?" Joio e trigo estão próximos, mas não unidos, portanto não pode haver divisão onde não é possível haver união. Verdade e mentira podem ser confundidas mas não são a mesma coisa, como "Deus" e "mamom". Pena que os neopentecostais confundem o verdadeiro Deus com o ídolo mamom. "Evangélicos?" Já deixei de usar esse rótulo há muitos anos para não me queimar. Digo apenas que sou servo ou discípulo de Jesus, que não era "evangélico". Leia minhas últimas postagens e que o Senhor te dê discernimento. Digo isto em amor. Que o Senhor Jesus te abençôe!

Anônimo disse...

SANTA ARROGÂNCIA HEN!!!, A SUA VERDADE É O QUE IMPORTA? SABE PORQUE VOCE PENSA ASSIM DAS IGREJAS QUE CRESCEM? PURA INVEJA. E SABE PORQUE AS IGREJAS PENTECOSTAIS E NEO-PENTECOSTAIS ESTAO AI ? PORQUE AS TRADICIANAIS E HISTÓRICAS SE INCLAUSURARAM EM SEUS APOSENTOS RELIGIOSOS, E SE TORNARAM MEROS CLUBES, ONDE VÃO DESFILAR SUAS ROUPAGENS E ESBANJAR SUA "SAPIÊNCIA" EM DISCURSOS CHEIOS DE CONHECIMENTOS E SEM NADA DE PODER DE DEUS. ASSIM ERA OS FARISEUS NA ÉPOCA DE CRISTO.

QUE O SENHOR JESUS O ABENÇOE

MARTINS.

Sandro Moraes disse...

Santa Humildade, Hein Martins! A minha verdade? Ok, então combinamos assim, eu fico com a minha "verdade" mentirosa porque não produz estelionato religioso e você fica com a sua "verdade" que é verdadeira porque produz, entre outras coisas, analfabetismo bíblico. O que sei é que olho para o Evangelho de Cristo e não para "evangelho de homens". Não vou ficar em debates inúteis sobre a minha mentira versus a sua verdade pois a Verdade é Cristo. Fique no seu capitalismo divinizado que eu fico com o meu historicismo farisáico. Fique com as tuas lentes, seja feita a tua vontade assim na terra como na terra. E eu fico no meu caminho reto para o inferno por não praticar nem compactuar com o estelionato da fé e simplesmente denunciar os mercenários, está bom assim?

Sandro Moraes disse...

Fique também com o seu crescimeto de gado que eu fico com a minha inveja pela estagnação alicerçada em discursos teóricos sem unção e poder. Fique com as suas pregações profusas em fogo e poder marcadas pelo empobrecimento do Evangelho a tal ponto que o Evangelho é tornado em outro evangelho, que eu fico com a simplicidade do Evangelho que, embora simples, é rico e possui princípios para vários aspectos da existência, mas que para o segmento neo só serve para enriquecer alguns poucos. Fique com a sua ampla cosmovisão que eu fico com a minha inveja e cegueira.

Anônimo disse...

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/07/15/diversaoearte,i=202499/ATORES+PERFORMATICOS+SE+VESTEM+DE+VAMPIROS+E+SAEM+A+NOITE+ASSUSTANDO+GENTE.shtml
atores fazem pça de VAMPIRISMO VJ TBM NO SITE
www.correiobraziliense.com.br
ou busque pelo google alvaro neto vampiro
alvaro neto ator autor e diretor de teatro de terror junto ao ator renato barcelos fazem sucesso com tais apresentaçoes vampirescas

Anônimo disse...

o nome da materia e cuidado com o pescoço
os doi vampiros sairam na capa do divirta se
e so colocar alvaro neto vampiro no google p/ ver

Anônimo disse...

é sandro provavelmente vc é um derrotado sem visão se as pessoas da igreja não tivesse que ser ricas então pq JESUS afirmaria que veio para dar vida e vida com abundaçia? sera que vc gosta de vestir o pior? ou comer o pior? provavelmente não então toma vergonha na sua cara e vai procurar o que fazer ai pra dar força a sua palhaçada colocar a foto DA IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS ah claro sua igreja provalvelmente deve ser uma igreja pobre na qual o pr não tem visão nen coragem pra pedir dou dou mesmo o dinheiro é meu e não seu então fica um aviso vc tem que nascer de DEUS para poder entender que uma vida de prosperidade agrada a DEUS!!